Maze

Por em

Reservar//

A BOTA desafiou Maze, e sua capacidade de exploração alquímica da palavra, para a criação de um projecto a juntar-se aos sons do contrabaixo de Francesco Valente. Cada palavra de cada texto de Maze aspira ser uma semente que depois de depositada na fértil terra dos nossos pensamentos e de passar pelo filtro do coração, nos permite sentir a vida com a abrangência da perspectiva de outrem que passa também a ser nossa. É a palavra usada como arma letal, contra a injustiça, a ignorância, o ódio, o preconceito, usada como arma de transcendência, de superação, de liberdade, de amor. Francesco Valente, natural de Itália, vive em Lisboa há já alguns anos, tocou e toca em numerosos festivais nacionais e internacionais, no contexto da World Music, Pop e Jazz.